ATL - Academia Taubateana de Letras | José Rui Camargo - Membro Titular  

José Rui Camargo - Membro Titular

José Rui Camargo - Membro Titular

No Acalento da noite

 

Nascera o sonho triste,

Quando o galo lá no terreiro,

Pendendo por sobre a manhã em riste,

Saudava o fim da claridade.

 

Eram trevas cercando o berço,

Era a lua seminua,

Era a velha rezando o terço,

E o vento revolvendo a rua,

Gemendo preces, levantando pó,

E do lado do pequeno leito,

Com o aço em pleno peito,

Estava a mãe, plangente e só.

 

Ela veio já jovem,

Com rósea face em sorriso,

Com frágil corpo em fantasia,

Implorando um impossível dia.

 

Eram trevas cercando o berço,

Cercando a vida, o mundo,

Adorável reclusa da noite,

Fantasma que me arrebatou.

Nascida de uma dormida triste,

Numa dessas noites em que nada existe,

Morreu numa manhã de fé,

Quando o sino anunciava a missa,

E minha avó chamou-me para o café.